Viva pessoal do Rectasletras! Estou a gostar muito da vossa iniciativa. Para mim não há melhor maneira de aprender que esta. Por isso, Junto-me a vós. E porque estamos num espaço de estudo, permitam-me que possa tecer o meu comentário sobre alguns dos artigos que pude ler e que me deixaram com uma dupla sensação.
A primeira é a de que jovens como nós podem fazer coisas interessantes, refelectir sobre ciências e a vida, apresentar seus pontos de vistas sobre fenómenos artisticos, cientificos e da vida em geral e que envolvam a sociedade de formas mais lucida e honesta e, por isso, todo o meu encorajamento, força!
A segunda é que o trabalho que abraçamos num espaço como este significa um conpromisso social e academico e, por isso, importante dizer tudo de forma consciente e cuidadosa. Serão lidos por muita gente desde os conhecedores das matérias apresentadas à gente pouco aprofundada nos temas abordados. Aos primeiros nem há problema, pois nisso só vão detectar erros e corrigi-los, mas aos segundos ser-lhes-á criada a confusão epistemológica, porque uma boa parte dos leitores nem percebe que num espaço como este pode conter erros de todo tipo.
De alguns artigos lidos constatei erros ortográficos, sintacticos e até semântico, para além da falta de atenção ao citar outras fontes e se essas fontes estiverem duvidosas é muito bom confrontá-la com outras que versam sobre o mesmo assunto. Um dos exemplos é o artigo escrito por Gildo em que confunde formas de acusativo e dativo dos pronomes átonos. A gravidade é maior por se tratar de uma citação. Se o for autor que estiver errado não custa corrigi-lo ou consultar outros para ter certeza. 
Para que coisas do género não seja frequentes neste Blogger sugiro que se faça a troca dos artigos antes de editá-las para que o blogger não caia em descredito ou nessa suspeita.
O outro risco é a tentação de se fazer juizo moral ou de valor dos próprios artigos sob o risco de matar o debate e a busca de novas perspectivas.  É falta de humildade cientifica achar que o que tu dizes é muito bom. Gardar uma posição imparcial sobre o que se diz é sempre uma atitude cautelosa e até intelectualmente honesta. Deixa que os outros irão avaliar o seu trabalho.
O outro aspecto antes mencionado é o do valor semântico das palavras. É um facto que a língua é dinâmica e, por isso, as palavras vão ganhando novos significados ao longo das história, mas é preciso que cada palavra seja unsado com um significado claro no texto. Quando se tratar de uso conotado que fique claro esse uso. Que não se confunda conotação com o mau uso da palavra.
PS: Muitas são as observações feitas, mas essas observações não pretendem, de modo algum, desencorajar, pelo contrário, são uma provocação para que procuremos trabalhar mais.
Até mais!
Feliz Natal A toda a equipa Do

Elisio Miambo em 25 de dezembro de 2012 às 01:21

Nunca fui de elogios, nem para dar, nem para receber.
Sou da crítica, porque por mais leve que seja, sempre deixa marcas profundas que sempre abrem portas para que haja crescimento, e, por sua vez esse crescimento depende do bom-tom com que recebemos tal crítica…e, ainda, esse bom-tom advém da percepção que todos devíamos ter, segundo a qual, em ciência discute-se conceitos, ideias e até condutas mas não as pessoas que se tornaram albergue dessas ideias.
Lholo Ya Nguva, quero agradece-lo por nos ter lembrado de algumas coisinhas que são sempre úteis para quem gosta de aventurinhas científicas. É certo que a ciência é uma brincedeirinha e, como toda brincadeirinha tem regras que devem ser seguidas e nunca…nunca mesmo…devem ser transgredidas a bel-prazer, sob o risco de tornar a brincadeirinha na mais chata de todas as chatices.
Risos!!! É engraçado…diz-se que só chega até ao mel quem passa pelas abelhas. Portanto, pelas abelhas passamos quando sentamos para criar mais um artigo e pôr na mesa algumas coisinhas dignas de discussão…não é uma tarefa fácil, acredite!
E, chegamos ao mel toda vez que publicamos os nossos pensamentozinhos e somos lidos. O facto de sermos lidos, é o nosso mel. Além de ser lido, há outro mel para quem gosta de escrever???

Feliz Natal e seja bem-vindo ao blog onde as armas são as rectas letras postas em acção com vista um escrever certo, fecundo e sem ambiguidades.

Novo Comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Riptors
 
Copyright © RECTASLETRAS.COM. Theme by Nuvem Templates ™ | iVisitas