JAZZ POETRY: UMA PROPOSTA TENTADORA PARA AS NOVAS TENDÊNCIAS POÉTICAS!


Vários poetas têm tentado incorporar os estilos do jazz na sua obra desde que este género musical surgiu, nas primeiras décadas do sec. XX. No seu sentido original, a jazz poetry propunha-se a ser poesia dita com acompanhamento de música jazz, e com os poemas a reproduzirem eles mesmos os ritmos e a liberdade formal do jazz.
Nos últimos anos, porém, e à medida que os críticos literários passaram a dar maior atenção a esta forma de poesia quase sempre considerada marginal, outro tipo de poemas passaram a ser considerados jazz poems. O uso das sonoridades do jazz para conferir ritmo a um poema define-o como um poema jazz, mas também poemas que tenham o jazz como assunto podem ser incluídos nesta categoria. Nenhuma destas perspectivas deve excluir a outra.
Um poema jazz é, assim, qualquer poema que seja influenciado, na sua forma ou no seu conteúdo, por este género musical.
Os estilos dos poemas jazz acabam, pois, por ser tão diversos como os poetas que os escrevem. Os temas tanto podem contemplar descrições de eras douradas do jazz como reflexões sobre a natureza desta expressão musical, tanto podem ser manifestos políticos como elegias. Este último género é, em termos quantitativos, um dos mais destacados em antologias de poemas jazz.
Como género musical, o jazz caracteriza-se por pronunciadas síncopes rítmicas, pela interpolação de figuras melódicas e por efeitos instrumentais não-convencionais. Os aspectos do jazz que mais facilmente encontram expressão poética são, pois, o ritmo sincopado, mas também a improvisação e a repetição.
O jazz e a jazz poetry __ que são expressões artísticas que têm origem exclusivamente no espaço geográfico e artístico dos Estados Unidos __ coincidem, em termos cronológicos, com a exploração de novas liberdades na poesia americana.
Assim novos géneros surgiram e, estes géneros eram declaradamente modernos, urbanos, e buscavam novas formas estéticas e de síncope rítmica que expressassem o seu vanguardismo. A poesia jazz utilizava os ritmos ousados do novo estilo, porque era através deles que melhor podia transmitir a marcha acelerada da vida moderna, ao mesmo tempo que funcionava como um escape da mesma.
Actualmente, a poesia jazz, tornou-se menos dinâmica, quer em termos visuais, quer em termos rítmicos, sendo cada vez mais narrativa. Mas existe, em geral, uma consciência do jazz como uma das mais importantes e interessantes formas de expressão surgidas no sec. XX, o que talvez explique a sua recente e crescente revitalização na componente literária.


 Este texto é um resumo da abordagem do E-dicionário de termos literários de Carlos Ceia.

Novo Comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Riptors
 
Copyright © RECTASLETRAS.COM. Theme by Nuvem Templates ™ | iVisitas