Os meus olhos


Os meus olhos só têm olhos
Para ver coisas inúteis em molhos
Por estarem bem fardamentadas
De utilidade e ainda que disfarsadas.

Os meus pobres olhos só vêem
Aquelas qualidades que não existem
Beleza bem exornada de fealdade
Estes olhos plagiam  a lealdade

Afinal que os meus olhos viram
Naquela moça que maldades feriram!?
Acolhedora de todos rapazes leigos?
Serão aqueles beijos meigos?

Os meus olhos são indisciplinados
Vêem o que não existe, obstinados
Se os meus olhos pudessem ver!
Pena que eles não me queiram obedecer!

Os meus olhos não são meus!!

Novo Comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Riptors
 
Copyright © RECTASLETRAS.COM. Theme by Nuvem Templates ™ | iVisitas